Última atualização: 5 de dezembro de 2023
Leitura de 5 min

Em parceria com a Rebel Girls

Marie-Antoinette Katoto

Oriunda do centro de Paris, a Marie-Antoinette Katoto nasceu para jogar futebol. Descobre como evoluiu de defesa pragmática para avançada goleadora no PSG e na seleção francesa.

Marie-Antoinette Katoto. Ponta de lança francesa. Data de nascimento: 1 de novembro de 1998.

A Marie-Antoinette cresceu num subúrbio de Paris, perto do icónico estádio Yves-du-Manoir. Os melhores futebolistas do mundo jogaram lá. Correram, saltaram, atacaram e marcaram no radiante relvado verde. A Marie-Antoinette jurou a si mesma que um dia também lá jogaria e já tinha uma posição em mente: ponta de lança.

Quando tinha sete anos, juntou-se a uma academia de futebol no seu bairro e rapidamente se transformou numa estudante de topo. Começou como defesa. O seu trabalho era proteger a baliza da sua equipa. A Marie-Antoinette era tão rápida e ágil quanto um jaguar e conseguia prever facilmente os próximos movimentos das suas adversárias. No entanto, ansiava por marcar golos enquanto ponta de lança.

"Não me imponho muitos limites na vida nem objetivos. Vou sempre o mais longe possível."

Histórias de futebol: Marie-Antoinette Katoto

Mais tarde, quando tinha 16 anos, a Marie-Antoinette foi convidada a juntar-se ao clube de futebol Paris Saint-Germain. No início, jogar ao lado de algumas das melhores jogadoras do país foi intimidante. No entanto, cedo teve a oportunidade de afirmar-se enquanto ponta de lança de valor.

Estávamos em maio de 2015 e o Paris Saint-Germain jogava contra uma equipa rival talentosa. Num momento crucial, uma das colegas de equipa da Marie-Antoinette fez um remate veloz para a baliza, mas a guarda-redes bloqueou-o, enviando a bola de volta pelo ar.

Histórias de futebol: Marie-Antoinette Katoto

Parecia que todas as pessoas presentes no estádio prendiam a respiração, à espera do que aconteceria a seguir. A Marie-Antoinette não hesitou. As suas longas tranças esvoaçavam atrás de si à medida que avançou e cabeceou a bola de volta para a baliza da outra equipa.

ZÁS! Passou pela guarda-redes e bateu nas redes com um assobio suave.

Acabou por ser o primeiro golo de muitos. A Marie-Antoinette é agora a melhor ponta de lança do Paris Saint-Germain e está apenas a começar.

Voltar a nike.com/play

Ilustração de Taina Cunion

Data de publicação original: 28 de setembro de 2023