Última atualização: 3 de julho de 2023
    Leitura de 4 min

    Em parceria com a Rebel Girls

    Asisat Oshoala

    Apesar de os seus pais não quererem que ela se concentrasse no futebol, a Asisat nunca desistiu. Descobre como conseguiu conciliar os estudos e o futebol para alcançar a rampa para se tornar profissional.

    Histórias de futebol: Asisat Oshoala

    Asisat Oshoala. Ponta de lança nigeriana. Data de nascimento: 9 de outubro de 1994.

    Todos os dias após a escola, a Asisat jogava futebol nas ruas da sua cidade natal, Lagos, na Nigéria. Ela voltava para casa com hematomas e os joelhos esfolados, mas, para ela, não havia nada melhor. No entanto, os pais da Asisat não queriam que perdesse tanto tempo com o futebol.


    Durante muito tempo, a Asisat não ponderou jogar futebol profissionalmente. Um dia, a Asisat estava a jogar num torneio local. Como de costume, deu tudo em campo: sprints, passes e golos. Um treinador perguntou-lhe se queria juntar-se à sua equipa. A Asisat sentiu uma pancada no coração. Ela sabia que os pais não aprovariam. Teve de recusar. A Asisat continuou a jogar como amadora enquanto estudava na universidade.


    Só após o seu desempenho impressionante no campeonato mundial feminino de sub-20 é que ela percebeu que era boa o suficiente para ser uma futebolista profissional. Foi a melhor marcadora do torneio! Naquela noite, ganhou os troféus de Bola de Ouro e Bota de Ouro. A Asisat nunca desistiu e acabou por seguir o rumo que o seu coração lhe indicou.

    "Caras Rebels,

    Não é um mau jogo que vos deverá definir.

    Pelo contrário, deverá incentivar-vos a melhorar.

    Nunca permitam que uma derrota defina o tipo de campeãs que são.
    Os campeões são sempre fortes. São poderosos e incrivelmente motivados.

    Por vezes, sentimo-nos desanimadas porque não temos bem a noção do potencial
    que fomos alcançando ao longo dos anos. Uma coisa que sei é que podemos combater
    os nossos medos.

    Podemos mudar o mundo inteiro apenas com a nossa coragem. Deixem-se incentivar.

    Nunca desistam!"

    — Asisat Oshoala

    Conhecer outras Rebel Girls

    Voltar a .com/play

    Histórias de futebol: Asisat Oshoala

    Ilustrações de Natalia Agatte.

    Data de publicação original: 1 de julho de 2023