Movimento

Como tirar maior partido de cada corrida

Segundo a Nike Running

Tirar mais partido de cada corrida

Identifica o "porquê" da tua prática de running para conseguires voltar a concentrar-te mais nas alegrias do que nas métricas.

A prática de running é mais do que apenas números e métricas. Neste artigo, o treinador Bennett convida-te a refletir sobre a razão por que corres. Identificar o "porquê" da tua prática de running pode ajudar-te a voltares a concentrar-te mais nas alegrias do que nas métricas. Isso torna-se o incentivo para a tua próxima corrida, a subsequente e por aí adiante. Assim, independentemente do que os números indiquem, cada corrida torna-se uma pequena vitória. Vamos a isso!

Os corredores tendem a avaliar uma corrida segundo dois parâmetros: a distância e a velocidade. Na nossa sociedade obcecada por dados, podes partilhar tudo nas redes sociais, desde métricas básicas ao VO2 máximo e cadência de passadas. Contudo, esta abordagem de running centrada nos números e baseada num objetivo único pode, na verdade, tirar o prazer do desporto.

"Muitas vezes, as pessoas apenas celebram as suas corridas, treinos realmente difíceis ou as corridas mais longas de sempre", afirma o Chris Bennett, Global Head Coach da Nike Running. "No entanto, quanto melhor te tornas, mais difícil fica ultrapassar esses marcos e, se apenas tiveres isso em conta para as tuas celebrações, não irás celebrar muito."

Segundo o Bennett, se em vez disso encarares o running como mais do que apenas o ato físico e todos os números que lhe estão associados, terás maiores oportunidades de sucesso e poderás desfrutar mais deste desporto. A melhor forma de o fazer: identificar o "porquê" da tua prática de running.

"No entanto, quanto melhor te tornas, mais difícil fica ultrapassar esses marcos e, se apenas tiveres isso em conta para as tuas celebrações, não irás celebrar muito."

Chris Bennett, Global Head Coach da Nike Running

Pensa no motivo por que corres. Ajuda-te a aliviar o stress de um dia de trabalho difícil? Ajuda-te a resolver problemas ou a encontrar soluções criativas? É meramente uma oportunidade para ires para o exterior e desfrutares de uns raios de sol?

Tirar mais partido de cada corrida

O facto de te concentrares no "porquê" ou no objetivo da tua prática de running é muito mais motivador do que apenas pensar na velocidade ou na distância que irás percorrer, afirma o Bennett. Além disso, cada vez que corres e realizas o teu objetivo tens uma razão para te felicitares.

Saberes o "porquê" também é essencial para desenvolveres a tua resistência mental ou o quanto és capaz de suportar em prol de um objetivo de corrida. Afinal, da mesma forma que os teus músculos têm de trabalhar para desafiares os teus limites e continuares a correr quando as coisas se tornam difíceis, a tua resistência mental é igualmente vital. Lembrares-te do "porquê" da tua prática de running é uma boa forma de impulsionares a tua força interior.

Acima de tudo, correr com um objetivo pode tornar a corrida mais divertida. "A prática de running deve lembrar-te de que és vital e estás vivo", explica o Bennett. "É suposto gostarmos de praticar running, pois fomos nós que optámos por fazê-lo". Isso pode ser difícil se estivermos a olhar para o mostrador do relógio GPS de poucos em poucos segundos.

Tal não significa que devas livrar-te dos números. O Bennett sugere: "Tenta adicionar uma outra métrica para medires o sucesso de uma corrida". Conseguiste subir uma colina dificílima no teu bairro pela primeira vez? Tiveste uma excelente ideia para um projeto de trabalho? Presenciaste um nascer do sol incrível? "Nenhuma destas coisas está relacionada com a velocidade ou a distância que correste", revela o Bennett, "mas todas são fantásticas e esse é o aspeto mais poderoso da prática de running."

Três formas de melhorar as corridas

Agora que já sabes por que razão corres, aplica os conselhos do Bennett para te certificares de que tiras o melhor partido da tua corrida.

  1. Visualiza o sucesso. Corres para aliviar o stress? Imagina que terminas o teu treino com uma sensação de calma, descontração e energia. Corres para te sentires mais em forma e praticares hábitos saudáveis? Pensa na tua postura, na tua respiração e em tudo o que estás a fazer de bom para o corpo e para a mente a cada passada.
  2. Conversa contigo. Dizer a ti mesmo "consegues fazer isto" pode parecer piroso, mas as mensagens positivas podem convencer o teu cérebro e as tuas pernas que ainda tens mais para dar, quer estejas a fazer uma corrida habitual ou uma corrida especial.
  3. Encontra conforto no desconforto. Num dia de chuva ou quando te deparares com uma zona montanhosa no teu percurso, em vez de ficares imediatamente com um espírito negativo, pensa em como as condições de treino desafiantes te ajudam a evoluir enquanto corredor e a ser mais versátil. Mais tarde, elogia-te por teres ultrapassado esse obstáculo difícil. O facto de conseguires ultrapassar momentos difíceis, quer se trate de enfrentar dificuldades durante o teu treino ou no quotidiano, é uma prova do quanto te empenhas. "Não corremos para que as coisas se tornem mais fáceis. Corremos para conseguirmos enfrentar coisas cada vez mais difíceis", de acordo com o Bennett.

"Não corremos para que as coisas se tornem mais fáceis. Corremos para conseguirmos enfrentar coisas cada vez mais difíceis."

Chris Bennett, Global Head Coach da Nike Running

Tirar mais partido de cada corrida

Continua a evoluir

Transfere já a Nike Run Club App.