Orientação

Como alimentar as crianças de forma saudável

Última atualização: July 6, 2020

Da Nike Training

Transforma as guloseimas que as crianças adoram em algo mais nutritivo.

Ao preparar versões caseiras dos alimentos embalados que as crianças adoram, podes ajudá-las a descobrir como as comidas reais que tens em casa podem ser divertidas e deliciosas. Reunimos quatro sugestões de receitas para reforçar a hora do lanche e reinventar os clássicos.

Possivelmente, consideras que tomar o pequeno-almoço e um batido depois do treino é algo científico. Mas quando se trata de alimentar as crianças nos dias em que são muito ativas, podes acabar por te sentir à nora na cozinha.

A melhor coisa é que não precisas de pensar demasiado. Geralmente, as crianças têm uma energia interminável e, provavelmente, não fazem atividades extremamente loucas e intensas durante longos períodos de tempo. Assim, o seu plano alimentar deve ajudar a promover o crescimento e desenvolvimento em geral, afirma Adam Feit, coordenador de nutrição para o desempenho da Precision Nutrition. Independentemente do nível de atividade que pratiquem num determinado dia, é importante dar prioridade a proteínas magras, hidratos de carbono minimamente processados, gorduras saudáveis, vegetais e muita água, tal como deves fazer para ti.

Recria os seus alimentos favoritos com ingredientes que possas controlar.

Muitos alimentos desenvolvidos para atrair as crianças contêm um elevado teor de açúcares refinados e químicos para preservar a sua frescura, afirma Feit. Embora seja totalmente normal comer um pacote de batatas fritas ou bolachas ocasionalmente (o mesmo se aplica aos pais), é importante que as crianças se alimentem, sempre que possível, com alimentos completos e nutritivos. Uma forma de o fazer, em vez de rotular os alimentos como bons ou maus (o que pode desencadear pensamentos que levam a distúrbios alimentares), é recriar os seus alimentos favoritos utilizando ingredientes que podes controlar. "Isto pode ajudá-las não só a pensarem na alimentação de uma forma mais abrangente do que os produtos embalados que veem na televisão, como também pode fazer com que se divirtam contigo na cozinha, o que também pode promover uma relação positiva com a alimentação", afirma Feit.

Experimenta estes alimentos caseiros, que são ricos em hidratos de carbono saudáveis, para alimentar os seus corpos em crescimento. O objetivo não é privar as crianças das guloseimas que adoram, mas sim que percebam que é possível criar, em casa, snacks deliciosos e saudáveis com alimentos reais.

Papas de aveia com fruta fresca

As papas de aveia instantâneas com sabores podem ser práticas e saborosas, mas quase sempre têm um elevado teor de açúcar adicionado. Substitui-as por aveia simples e, depois, acrescenta uma dose de frutos silvestres frescos ou fatias de maçã e uma pitada de canela, sugere Feit. Podes sempre misturar manteiga de amendoim e leite de aveia para acrescentar proteínas e sabor, ou até mesmo um pouco de mel ou açúcar mascavado se as crianças acharem que falta algo, mas tenta que o açúcar seja apenas proveniente da fruta, afirma.

Waffles ou panquecas proteicos

Se calhar não é boa ideia apresentá-los às crianças com este nome. Mas deixa de lado as misturas embaladas e prepara uma massa com aveia, queijo fresco, ovos e canela, afirma Feit, para lhes garantir um pequeno-almoço com mais do que apenas hidratos de carbono simples. As pepitas de chocolate ou mirtilos são opcionais.

Mix para trilhos

Geralmente, as barras de granola têm uma lista imensa de ingredientes e várias fontes de açúcar. Em alternativa, pede às crianças para escolherem os seus snacks favoritos, tais como pretzels, para adicionar a uma mistura de frutos secos e frutas desidratadas, como arandos. Quanto mais escolha tiverem, maior será a sua satisfação, afirma Feit.

"Piza" de fruta

As crianças têm uma maior propensão para experimentar novas frutas se acharem a experiência agradável. Esquece o sumo de frutas açucarado e ajuda-as a consumirem a dose diária de frutas criando uma piza de frutas. Começa com uma base larga (por exemplo, uma fatia grande de melancia ou melão) e, em seguida, acrescenta várias camadas, tais como frutos silvestres, rodelas de banana ou sementes de romã.

À medida que tu e as crianças experimentam mais alimentos, certifica-te de que lhes perguntas como se sentem ao comer isso. "As crianças têm uma consciência perfeita de como os alimentos as fazem sentir-se, por exemplo, se sentem dores de estômago, se se sentem cheias, ou cansadas", afirma Feit. Ao incentivares as crianças a pensarem na forma como os alimentos que comem as afetam, aumentas a probabilidade de escolherem aqueles que as fazem sentir-se e pensar melhor, bem como ter um melhor desempenho. Da tua parte, é mais provável que passes a ter um "sous chef", por isso, todos saem a ganhar.

"Piza" de fruta

As crianças têm uma maior propensão para experimentar novas frutas se acharem a experiência agradável. Esquece o sumo de frutas açucarado e ajuda-as a consumirem a dose diária de frutas criando uma piza de frutas. Começa com uma base larga (por exemplo, uma fatia grande de melancia ou melão) e, em seguida, acrescenta várias camadas, tais como frutos silvestres, rodelas de banana ou sementes de romã.

À medida que tu e as crianças experimentam mais alimentos, certifica-te de que lhes perguntas como se sentem ao comer isso. "As crianças têm uma consciência perfeita de como os alimentos as fazem sentir-se, por exemplo, se sentem dores de estômago, se se sentem cheias, ou cansadas", afirma Feit. Ao incentivares as crianças a pensarem na forma como os alimentos que comem as afetam, aumentas a probabilidade de escolherem aqueles que as fazem sentir-se e pensar melhor, bem como ter um melhor desempenho. Da tua parte, é mais provável que passes a ter um "sous chef", por isso, todos saem a ganhar.

Junta-te à Nike Training Club

Junta-te à Nike Training Club

Acede aos nossos especialistas e treinadores de classe mundial que vão ajudar a que te mantenhas no ativo.

Junta-te à Nike Training Club

Junta-te à Nike Training Club

Acede aos nossos especialistas e treinadores de classe mundial que vão ajudar a que te mantenhas no ativo.

Histórias relacionadas

Cria a tua própria rotina para a hora de deitar

Orientação

Cria um ritual para a hora de deitar

Tens dormido o suficiente?

Orientação

Tens dormido o suficiente?

Muito boa para ai a salada de batata doce

Orientação

Comida aliada a funcionalidade – Salada de batata-doce

Como e porquê fazer supino

Orientação

Como e porquê fazer supino

Trained Podcast: vantagens da fisoterapia

Orientação

Podcast: por que motivo a fisioterapia pode revolucionar o teu treino