Movimento

O que fazer quando não consegues correr

Nike Running

Torna-te um melhor corredor sem correr

Olha além dos quilómetros para melhorares o teu desempenho e fortaleceres a tua paixão pelo running.

Há muito que podes fazer para melhorares o teu desempenho de running sem te calçares. Neste artigo, o Global Head Coach da Nike Running, Chris Bennett, apresenta-nos as suas sugestões para seres melhor corredor, mesmo quando não estás a correr.

Podes tornar-te um melhor corredor sem dar um mais passo. Não estamos a falar apenas de treinos de força e de melhorar a mobilidade e a flexibilidade. O desenvolvimento de determinados hábitos pode complementar a tua rotina de running regular e ajudar-te a ultrapassar períodos difíceis em que não podes ou não te sentes capaz de correr.

Independentemente da tua situação, estas cinco sugestões podem ajudar-te a correr de forma mais forte e mais feliz.

01. Sê um fã
Se perguntasses aos teus amigos de corrida "quem é o teu corredor favorito?", quantos deles teriam uma resposta. Enquanto isso, os fãs do basquetebol podem discutir durante horas se o LeBron James ou o Giannis Antetokounmpo está a jogar melhor este ano. Ser fã de um desporto impulsiona naturalmente o teu entusiasmo em participar no mesmo. No entanto, o Chris Bennett, Global Head Coach da Nike Running, afirma: "os corredores podem ter uma desconexão total entre a participação na atividade e o acompanhamento do desporto enquanto fã."

É pena, porque o running é um dos desportos com os quais é mais fácil nos identificarmos. "Posso não saber qual é a sensação de fazer um afundanço, mas certamente sei o que é correr a reta final e gritar, "Boa!", tal como a Shalane Flanagan", afirma Bennett. Ver os momentos finais da maratona de Nova Iorque de Flanagan, um documentário de running, ou filmagens dos Jogos Olímpicos de desempenhos que levaram à conquista de medalhas de ouro pode incentivar-te a reviver os teus melhores momentos de running e incentivar-te a recriá-los.

"Posso não saber qual é a sensação de fazer um afundanço, mas certamente sei o que é correr a reta final e gritar, "Boa!", tal como a Shalane Flanagan"

Chris Bennett, Global Head Coach da Nike Running

02. Mantém um registo de running
Trata-se mais de escrever um diário do que de registar quilómetros numa aplicação. "Um registo de running é uma oportunidade para te sentares e registares o que aconteceu e o que aprendeste com a corrida", afirma Bennett. "Não se trata dos números, trata-se de registar a tua história de running."

Pensa no seguinte: talvez tenhas saído para uma corrida de 5 quilómetros e te tenhas sentido lento. No entanto, ao retrocederes algumas semanas no teu registo, constatas que antes só conseguias correr 2 quilómetros e meio. A constatação de que, mesmo num dia difícil, correste o dobro, talvez até um pouco mais rápido, e com uma atitude melhor, é um motivador poderoso. Não é possível obter estes tipos de perspetiva emocional ao analisar os dados num monitorizador de fitness.

03. Muda a tua mentalidade
A vida pode atrapalhar e podes te desviar dos teus objetivos enquanto corredor. No entanto, ao culpares-te por não conseguires correr, não estás a contribuir para te aproximares dos teus objetivos. Em vez disso, reconhece que os imprevistos acontecem e conversa contigo próprio como se estivesses a conversar com um colega de equipa ou com alguém com quem te preocupas, refere Bennett.

"Sempre que inicias uma corrida, no primeiro minuto, diz a ti próprio que és fantástico", afirma. "Não é fácil iniciar uma corrida, estejas bem ou mal." O diálogo interno positivo é uma competência que podes aprender e praticar mesmo quando não estás a correr. Essa mentalidade mais forte vai acompanhar-te em todas as corridas, agora e no futuro.

Torna-te um melhor corredor sem correr

"Sempre que inicias uma corrida, no primeiro minuto, diz a ti próprio que és fantástico"

Chris Bennett, Global Head Coach da Nike Running

04. Dedica-te à recuperação
Não poder correr é incrivelmente frustrante, seja qual for o motivo. No entanto, é também uma oportunidade de dar prioridade àquilo que te pode ajudar a sentir melhor a curto prazo e a tornar-te um melhor corredor quando regressares: sono e nutrição.

É durante o sono que o teu corpo recupera melhor de todos os tipos de fatores de tensão mentais e físicos, afirma Bennett. Dormir mais e melhor pode ser tão simples quanto adotar um hábito de sono saudável, como deitar-se e levantar-se à mesma hora todos os dias.

Além disso, a nutrição não tem de implicar revolucionar toda a tua dieta ou ficar ansioso devido à contagem de macronutrientes. Começa por fazer uma pequena mudança, como adicionar um vegetal à tua refeição ou trocar um refrigerante por um copo de água. Em vez de mudanças radicais para depois voltares aos hábitos anteriores, estes pequenos passos são fáceis de adotar e vão ajudar muito para manteres o teu corpo numa boa condição para o running.

05. Descobre outras formas de te movimentares
A "euforia da corrida" pode ser viciante, fazendo com que anseies pelo próximo treino assim que terminas o que estás a fazer. No entanto, Bennett afirma: "Não é obrigatório correr para obter os benefícios que uma corrida pode oferecer."

Por exemplo, Bennett sugere criar uma lista de reprodução fantástica e dançar, rir e saltar durante 30 minutos. "Vais trabalhar o teu sistema cardiovascular e as endorfinas vão inundar o teu corpo", afirma. "Conseguirás obter os benefícios físicos e emocionais sem correr."

Torna-te um melhor corredor sem correr

Continua a evoluir

Transfere a Nike Run Club App agora.