Avançar para o conteúdo. (Prime Enter)
Orientação

O teu eu mais convicto

Atitudes confiantes e dinâmicas não surgem por acaso. São algo que se trabalha com dicas especializadas como estas.

Como fortalecer a confiança em ti mesmo
Como fortalecer a confiança em ti mesmo

Confiança: ou tens ou não tens, certo? Não exatamente.

Ao contrário do que possas pensar, as pessoas que no fundo acreditam que têm o que é preciso, que parecem ser naturalmente confiantes e vencer em quase tudo, não nasceram simplesmente com o gene de vencedor. Elas cultivaram essa certeza da mesma forma que tu podes, por exemplo, treinar o teu corpo para correr mais depressa ao fazeres agachamentos.

Que programa de treino seguem essas pessoas? A vida. "A confiança vem das experiências", explica Jessica M. Goodnight, doutorada, psicóloga clínica licenciada de Atlanta e especialista em ansiedade. "Experiências em que arriscas, em que sais da tua zona de conforto e em que descobres que as coisas às vezes correm bem. É inevitável que, ao fazer isto, também falhes, o que, se fores resiliente e recuperares, também pode ser encarado como uma oportunidade para reforçar a tua confiança."

"A confiança vem das experiências. Experiências em que arriscas, em que sais da tua zona de conforto e em que descobres que as coisas às vezes correm bem."

Jessica M. Goodnight
Doutorada, psicóloga clínica inscrita na ordem dos psicólogos nacional

Por outras palavras, é bastante normal duvidares das tuas capacidades quando és principiante, quer estejas a experimentar um desporto novo, quer num primeiro encontro, quer a jogar numa posição diferente. No entanto, quanto mais insistires, vencendo e perdendo pelo caminho, mais confiante te começarás a sentir. "A prática e a experiência são o que te tornam mais capaz e é isso que dá à confiança asas para voar", afirma Goodnight.

Ainda assim, dar esse primeiro passo pode ser assustador. Começa com estas estratégias que podes utilizar para dar à tua confiança o impulso de que precisas para mergulhar de cabeça e começar a construir essa segurança profunda e inabalável em ti mesmo que vem com o tempo. Começa aqui.

Como fortalecer a confiança em ti mesmo
Como fortalecer a confiança em ti mesmo

01. Finge até conseguires.

Estares de pé ou sentares-te com as costas direitas pode fazer com que sintas mais força, mais determinação e menos receio, tal como fazer uma "pose poderosa" (no sentido em que puxas os ombros para trás, empurras ligeiramente o peito para a frente, levantas o queixo e olhas os outros nos olhos), de acordo com uma análise de 55 estudos. Por isso, segue os conselhos dos teus pais e põe as costas direitas. "Encurvar ou encolher tende a restringir a nossa respiração e pode fazer com que nos sintamos letárgicos ou pequenos. Psicologicamente, projeta inferioridade", refere Kelley Kitley, assistente social clínica licenciada e psicoterapeuta de Chicago especializada em ansiedade e depressão.

Vestires-te a rigor também ajuda. "Questiona-te: «Se eu já me sentisse confiante, o que é que vestiria?»", explica Goodnight. Isto pode significar usares um conjunto fantástico antes de conseguires um trabalho ou investires em equipamento melhor para caminhadas enquanto ainda te estás a habituar aos trilhos. Os estudos sugerem que o tipo de vestuário certo pode ajudar-te a veres-te de uma forma mais positiva. "Isso pode dar-te a vantagem mental para teres sucesso", observa Kitley.
02. Arrisca.

Lembra-te: "A confiança pode ser construída ao arriscar", afirma Kitley. "Quando te obrigas a sair da tua zona de conforto e te apercebes de que até é agradável, desenvolves mais confiança que podes aplicar a praticamente qualquer coisa", explica.

Uma forma simples de arriscares um pouco? Começa uma conversa com um estranho num momento em que não te importavas que alguém metesse conversa contigo. Há pouco em jogo (no pior dos casos, a pessoa irá olhar para ti como se tivesses duas cabeças), mas, mesmo assim, requer um pouco de vulnerabilidade e os benefícios em termos de confiança para criar uma nova ligação podem ser grandes.

Kitley e Goodnight sugerem fazer um elogio simples e genuíno a essa pessoa que vês no ginásio ou no elevador todos os dias. "Inicia um hábito de pensar sobre aquilo que aprecias nas pessoas ao teu redor. Isto ajuda-te a fazer elogios mais facilmente e sem pressão nas tuas interações diárias", explica Goodnight. "Quando a pessoa te olha nos olhos ou sorri, é a tua oportunidade para fazeres o elogio", afirma.


03. Escreve tudo.

Alimenta a tua força de vontade interior anotando exemplos em que marcaste um golo no passado, literal ou figurativamente. "É a prova de que já fizeste coisas difíceis, que podes utilizar para criar uma base que podes desenvolver", refere Kitley. Mantém a lista num local onde a irás ver frequentemente, como no espelho da casa de banho ou junto à máquina de café ou coloca-a no fundo do ecrã de bloqueio do telemóvel.

Aponta também as vitórias que estás a acumular em tempo real. Todas as semanas, adiciona uma ou duas coisas que fizeste bastante bem, especialmente durante tempos difíceis, como arrasar num projeto durante a semana de exames ou terminar um treino de HIIT depois de uma noite em que dormiste mal. "Ver a lista aumentar é uma forma tangível de acompanhares os teus êxitos e mostrar que estás a progredir", afirma Kitley. Vai relembrar-te que, mesmo quando falhas, continuas a poder ir mais longe. "Ver provas da tua confiança a aumentar mostra que a tens mais em ti do que aquilo que pensas. Isto é o que te ajuda a sentires orgulho e motivação para correr mais riscos, viver fora da tua zona de conforto e definir até objetivos mais ambiciosos", refere.



Rapidamente, tornar-te-ás aquela pessoa que sabe que tem o que é preciso. Temos confiança nisso.

Texto: Marygrace Taylor
Ilustração: Davide Bonazzi

Como fortalecer a confiança em ti mesmo

Vai mais longe

Para obteres mais orientação especializada sobre recuperação, bem como sobre mentalidade, movimento, nutrição e sono, consulta a Nike Training Club App.

Vai mais longe

Para obteres mais orientação especializada sobre recuperação, bem como sobre mentalidade, movimento, nutrição e sono, consulta a Nike Training Club App.

Histórias relacionadas

Três mudanças mentais para superar a estagnação no treino

Orientação

Três mudanças mentais para te fazer ultrapassar um impasse

Como acabar com bloqueios mentais

Orientação

Enfrenta qualquer bloqueio mental

O Que as Nossas Emoções Nos Estão a Dizer

Orientação

O que as tuas emoções te estão a tentar transmitir

Como podes motivar-te para treinar

Orientação

Multiplica a tua motivação por dez

Como abordar uma corrida virtual

Orientação

Domina mentalmente a tua corrida virtual