Domina mentalmente a tua corrida virtual

Orientação

Não precisas de uma multidão ou de adversários para colher os benefícios de cruzar a linha da meta. Para o conseguires, apenas precisas deste plano de motivação.

Última atualização: December 21, 2020
Como abordar uma corrida virtual

Este ano, à medida que as corridas iam sendo canceladas, uma depois da outra, verificou-se algo interessante. Em vez de abandonarem os treinos, muitos corredores começaram a planear as suas próprias corridas ou a inscreverem-se em corridas virtuais em homenagem a um evento programado. "Na verdade, cerca de 30% dos corredores que estavam registados numa corrida ao vivo, mudaram para uma virtual", afirma Jeff Matlow, CEO da Running USA. "Algumas corridas virtuais contam com mais de 50 000 pessoas, enquanto, antes de 2020, uma corrida com um grande número de participantes contaria com cerca de 15 000", afirma.

Contudo, apenas 7% das pessoas sentem que fazer uma corrida virtual, em que te registas online para correr uma determinada distância e a fazes no teu tempo, é o mesmo que participar numa corrida presencial organizada, de acordo com o National Runner Survey de 2020 da Running USA. Sejamos honestos, não é o mesmo. A diferença está menos na programação da corrida (a maioria das aplicações de corrida, incluindo a Nike Run Club, pode ajudar-te a controlar a distância). O verdadeiro desafio está em saber como manter a motivação e a concentração quando não existe camaradagem, claques ou adversários.

"Não estás limitado às regras da corrida de outra pessoa, tu fazes as regras da tua corrida. Isto é libertador em vários aspetos."

Chris Bennett
Global Head Coach da Nike Running

"Se te esforçares, podes encontrar um novo tipo de inspiração nas corridas virtuais", afirma Lennie Waite, doutorada, consultora certificada em desempenho mental (e atleta olímpica) que participou recentemente na sua primeira corrida virtual. "És o diretor da corrida e o participante", afirma. "Esta sensação de controlo pode melhorar o teu desempenho" e o Global Head Coach da Nike Running concorda. "Não estás limitado às regras da corrida de outra pessoa, tu fazes as regras da tua corrida", afirma. "Isto é libertador em vários aspetos."

Eis como preparar a tua mente para dares o melhor na corrida e divertires-te.

Como abordar uma corrida virtual

01. Muda a tua perspetiva.
"O motivo pelo qual a maioria das pessoas participa numa corrida é fazer uma afirmação positiva sobre elas próprias, ou seja, que conseguem começar e concluir um desafio", afirma Waite. Acredita em nós: uma corrida virtual é o derradeiro desafio.

Porquê? Waite afirma que a tentação de desistir de uma corrida pode ser mais intensa ou mais frequente do que nunca. Isto acontece, em parte, porque as corridas virtuais têm uma certa flexibilidade, mas principalmente porque não ter um evento motivador pode fazer com que sintas que todo o percurso não vale a pena. Logo, é preciso ainda mais garra para enfrentar esses quilómetros. Em vez de deixares que essa dificuldade adicional te atrapalhe, utiliza-a para te fortalecer. "É um motivo extra de orgulho dizer «Vou correr uma meia maratona ou uma maratona e consigo fazê-lo sozinho»", afirma Bennett.

Se ainda te questionas se vale a pena, Waite sugere escrever uma lista daquilo que inicialmente te inspirou a participar na corrida. "Isto vai lembrar-te que até mesmo sem fãs e talvez sem medalha final (algumas corridas enviam medalhas por correio), estás a lutar por um objetivo que definiste para ti", afirma. Não precisas de outra pessoa ou de um objeto para isto.

02. Verifica a distância.
O simples facto de te teres inscrito para, por exemplo, uma maratona no outono, não significa que tenhas de participar numa maratona virtual no outono. Reconsidera tudo de acordo com as tuas circunstâncias (se calhar estás a lidar com um monte de aulas online ou não tens treinado como costumavas) e escolhe uma distância que te entusiasme neste momento. Talvez isso signifique fazer uma corrida de 1,5 km para poderes testar a tua velocidade ou empenhares-te numa corrida de 10 km menos exigente para o corpo. "É mais provável que cumpras os treinos e sintas satisfação no dia da corrida se escolheres algo que efetivamente te entusiasme, pois nos dias que correm vais precisar ainda mais dessa paixão para continuar", afirma Waite.

03. Mantém o plano.
Se estás a criar a tua própria corrida, não interpretes isso como uma indicação de que podes facilitar. "Caso contrário, podes acabar por desviar-te do teu rumo", afirma Waite. "Uma hora de partida e um percurso planeado que leves a sério fazem parte daquilo que fará com que pareça mais «real»" e pode ajudar-te a evitar o excesso de nervos no dia da corrida. Assim, se considerares que o tiro de partida será às 07:30, certifica-te de que estás no exterior a aquecer às 07:15.

04. Visualiza as novas dificuldades.
"Quando removes os outros atletas e as multidões pode ser ainda mais fácil perder o foco, sentir pena de ti próprio ou deixares-te ir abaixo", afirma Bennett. É aqui que entra em jogo a visualização. Imagina-te a atravessar a linha da meta, mas antecipa também como vais encarar as dificuldades que podem surgir. Vais ter um lema preparado? Ou visualizar a tua lista de motivos para o fazer? Quando fores desafiado mentalmente durante a corrida virtual, apesar de não haver ninguém a assistir, haverá menos probabilidade de deitares a toalha ao chão.

05. Mantém os rituais pré-corrida.
"Se agires como se fosse o dia de corrida, é fantástica a forma como o corpo e a mente entram na experiência", afirma Waite. Prepara as tuas sapatilhas e o teu equipamento (se quiseres até podes colocar o teu nome) e tira uma fotografia para as redes sociais. Faz um jantar saudável e vai para a cama cedo. Levanta-te e faz a tua refeição pré-corrida. "São aspetos que geram o entusiasmo e a ansiedade positiva que sentes antes da corrida." De igual modo, virtual não significa totalmente sozinho, por isso, define estações de apoio para amigos e familiares nos locais onde antecipas que podes sentir dificuldades.

06. Celebra!
Parece algo óbvio ir beber uma cerveja depois da maratona de Londres ou celebrar com uma piza em Chicago. Após a sua corrida virtual, Waite e os seus parceiros de treino encontram-se num parque local com os seus cães e, mais tarde, saboreiam um copo de vinho. Waite afirma: "Conseguir visualizar este positivismo e celebração posteriormente reafirma os motivos pelos quais estamos a participar num desafio e serve como um lembrete de que no fim o esforço vale a pena."

Como abordar uma corrida virtual

Vai mais longe

Para obteres mais orientação especializada sobre recuperação, bem como sobre mentalidade, movimento, nutrição e sono, consulta a Nike Training Club App.

Vai mais longe

Para obteres mais orientação especializada sobre recuperação, bem como sobre mentalidade, movimento, nutrição e sono, consulta a Nike Training Club App.

Histórias relacionadas

O melhor tipo de autoafirmação para melhorar o teu desempenho

Orientação

Como aumentar a tua motivação para garantir o teu melhor desempenho

Como posso tornar-me mais veloz?

Orientação

Aumenta o teu ritmo sem te esforçares ao máximo

Como o Açúcar Afeta o Corpo

Orientação

Açúcar é açúcar, certo?

Como é que os ultramaratonistas conseguem correr tanto?

Orientação

Treina o teu cérebro para continuares a trabalhar

Como a recuperação afeta o sistema imunitário

Orientação

Como a recuperação afeta o teu sistema imunitário