Novas fadas: Rayssa Leal

Atletas*

Uma fada que faz skateboard? É verdade. Cada vez que a Rayssa levanta voo com o seu skate, inspira uma nova geração de raparigas a seguir o seu exemplo.

Última atualização: 20 de outubro de 2021
Leitura de 4 min
Novas fadas

Quando era mais nova, a Rayssa gostava tanto de fadas como de fazer skateboarding. Para ela, não havia diferença entre "isto é para rapazes, isto é para raparigas": era apenas uma questão de diversão. A combinação destes dois amores mudou a sua vida. Quando tinha seis anos, tornou-se viral depois de fazer um heelflip mascarada de fada. O vídeo marcou o início da sua carreira, ganhando a atenção da comunidade do skateboard e do mundo. Agora, com apenas treze anos, traz magia para a modalidade como uma das melhores atletas do mundo.

Novas fadas

Quando é que tiveste o teu primeiro skate? Conta-nos tudo.

RAYSSA: Recebi o meu primeiro skate como presente quando tinha seis anos. Eu queria uma trotinete e pedi uma ao meu pai. No entanto, no dia seguinte, ele ofereceu-me um skate e pensei: "Uau, acho que não vou conseguir andar com isto."

"No início, os meus pais foram as únicas pessoas que me apoiaram. As pessoas pensavam que o skateboard era para rapazes e as raparigas não o conseguiam fazer."

– Rayssa

Novas fadas

Fala-nos sobre quando te decidiste mascarar de fada. Como é que isso aconteceu?

RAYSSA: É uma história engraçada. Foi no Dia da Independência do Brasil e eu estava no desfile da minha escola. Usei o vestido que a minha avó fez e, quando o desfile terminou, pensei: "OK, só preciso das meias e das sapatilhas para ir andar de skate." Comecei a aquecer e fiz um heelflip. A minha mãe filmou e publicou o vídeo.

Novas fadas
Novas fadas

Quebraste dois estereótipos num só vídeo: as raparigas não conseguem fazer skateboard e os skaters são todos iguais. Fala-nos mais sobre isto.

RAYSSA: Uau, foi fantástico. Toda a gente publicou comentários como: "Uau, uma menina vestida de fada a fazer movimentos que nenhum adulto consegue fazer." O skateboard não é só para príncipes, mas também para princesas, e eu provei que as raparigas também o podem fazer bem.

"Há imensas raparigas por todo o mundo que são excelentes. Saber que o skateboard não era sequer assim há meros anos é muito gratificante."

– Rayssa

Novas fadas

Sabes que és uma fonte de inspiração para muitas raparigas, certo?

RAYSSA: Recebi imensas mensagens encorajadoras no Instagram a dizer que mostraram os meus vídeos aos pais para que as deixassem começar a andar de skate. Estou muito feliz por poder esperar ver mais raparigas no skateboard, mas também rapazes.

Novas fadas
Novas fadas

"Quando as fadas se divertem, acabam com todo este preconceito."

– Rayssa

Novas fadas

Podes enviar uma mensagem especial a todas as fadas que voam sem asas?


RAYSSA: Fadas, vocês são fantásticas por estarem a ajudar a acabar com o preconceito do nosso mundo. Podem sonhar e tornar os vossos sonhos realidade. Quando as fadas voam, o mundo torna-se num lugar mais mágico.

Realizadoras: The Fridman Sisters
Fotógrafo: Gabriel Bianchini

Histórias relacionadas

Nova geração: Sky Brown

Atletas*

Nova geração: Sky Brown

Novos pontos de viragem

Atletas*

Novos pontos de viragem: Shim Suk-hee

Novos hotties: Megan Thee Stallion

Atletas*

Novos Hotties: Megan Thee Stallion

Novo sentimento de pertença

Atletas*

Nova inclusão: Bebe Vio

Novos ídolos

Atletas*

Novos ídolos: Dylan Alcott