Avançar para o conteúdo. (Prime Enter)

Prolongámos o nosso período de devolução para 60 dias. Saber mais

Earl Jenkins

A ascensão de Toxteth

Em Toxteth, que em tempos foi uma das zonas mais problemáticas de Liverpool, uma geração de jovens futebolistas está a transformar a agenda da comunidade, dentro e fora do campo, com a ajuda de uma lenda local.

Se passares pela Lodge Lane ou pela Granby Street com o Earl Jenkins serás interrompido em todas as esquinas. "Yes Earl" afirmam os sorridentes habitantes de Liverpool, jovens e menos jovens, uma prova do efeito incrível que o Earl, e as iniciativas que ele apoia, tiveram na área. Se passares por um dos seus antigos ou atuais jogadores, o Earl vai dizer-te que é o melhor guarda-redes, defesa central ou ponta de lança que alguma vez viu.

O Earl tem estado no centro da comunidade de Toxteth nas últimas duas décadas. Presidente do clube de futebol com bases mais diversificadas, o Kingsley United Liverpool, mentor de aprendizagem na Calderstones School e profissional de juventude no Unity Youth Centre e no Granby Toxteth Youth Forum.

O seu clube de futebol é um exemplo brilhante de como a modalidade pode capacitar as crianças no coração de uma comunidade, ao mesmo tempo que lhes permite viver uma vida melhor.

É por isso que a história do Earl é tão interessante e tão importante: porque não se trata de todo da sua história.

Earl Jenkins

Pilar da comunidade

O trabalho árduo do Earl permitiu criar uma comunidade. Uma zona que sofreu durante décadas tem agora esperança e tudo isto começou com o futebol, uma modalidade que nem sequer foi o primeiro amor do Earl.

"O futebol nem era bem a minha onda", afirma a sorrir, "apenas o fazia para apoiar as crianças. Tudo começou quando comecei a colaborar com o Stanley House, um clube local fundado pelo Howard Gayle, antigo jogador do Liverpool. Um pouco mais tarde, estava a trabalhar no Granby Toxteth Youth Forum e o Tiber FC (que era o nome do clube nessa altura) e eu precisávamos de um espaço interior para treinar as crianças durante o inverno. Foi assim que começou o meu envolvimento com o Unity Youth Centre."

"Algumas semanas antes tinha havido lá um incidente com uma pistola e não tinham a certeza se iam dar continuidade ao centro. Disseram-me que iam formar um Conselho e então eu disse para me incluírem no Conselho. Depois de fazer parte do Conselho, passei também a ser Presidente do Unity."

A partir daí, o Earl iniciou uma carreira que implicou dedicar imenso tempo a apoiar os outros membros da sua comunidade. Apesar de ele próprio ter uma família grande, o Earl conseguiu sempre alargar o seu sentido de responsabilidade e cuidado àqueles que o rodeiam. Embora a sua carreira tenha surgido de forma não intencional, o Earl foi sempre uma pessoa de se chegar à frente quando os outros não estão preparados para o fazer.

Earl Jenkins

Mais do que um clube

Foi assim que o Earl e o Kingsley United passaram a desempenhar um papel fundamental no futebol e na cultura jovem de Toxteth. O Earl é orgulhosamente natural de Liverpool e tem o espírito "Never Say Die" ("Nunca Desistas") que seria de esperar. Dizer "não" não é suficiente. Dizer "nunca" não é uma opção.

O Earl conseguiu desenvolver uma ligação e um respeito mútuo entre ele e os jovens de Liverpool 8. "O clube é como a minha família", explica Aws Furghani, que o Earl conhece desde os sete anos. "Todas as pessoas se sentem importantes e é disso que gosto. O Kingsley ensinou-me a depender de mim próprio e também a estar preparado para ajudar os outros."

O Aws personifica a atitude diferente e progressista do Kingsley e de Toxteth. Tendo vindo da Líbia em 2012 com a sua família, encontrou um clube de futebol e um novo lar.

Earl Jenkins

Vozes futuras

À medida que o tempo passa torna-se mais importante preparar estes jovens para que tenham sucesso nas suas vidas. O Earl e a sua equipa estão a garantir às crianças ensinamentos de vida importantes que não obtêm em mais nenhum lugar e, através deste trabalho recompensador, a comunidade está a mudar para melhor.

"Utilizamos o futebol para estabelecer ligação com os jovens. Eles regressam não porque lhes dizem para o fazer, mas porque querem participar. Definimos normas e, em última instância, ajudamos a mantê-los afastados de situações menos positivas, como os pequenos delitos."

O clube criou diversos bons jogadores, mas também criou professores, médicos e arquitetos e isto é uma prova dos esforços do Earl para manter estes jovens no rumo certo.

"Os clubes como o nosso e os centros de juventude como o Unity, e outras equipas e iniciativas excelentes na região, melhoraram a vida nesta zona. Agora cabe à próxima geração ser a voz da região."

"Estas crianças são tão inteligentes, tão empenhadas, tão brilhantes, muito melhores do que eu com a mesma idade... Acho que esta geração está preparada para o desafio. Não lhes peças para chegar cedo e ajudar a elevar os objetivos. Não parece que o consigam fazer."

No fundo o que o Earl faz é incentivar estes jovens a jogar futebol. Mas é algo muito maior do que isso. Está a utilizar o desporto para ajudar a canalizar a energia jovem e impetuosa e garantir ensinamentos ao nível da gestão de tempo, assumir as responsabilidades pelas próprias ações, pela comunidade e respeitar os colegas de equipa.

Os princípios simples do desportivismo passam por manter os jovens de Toxteth empenhados e garantir-lhes um futuro brilhante.